Download universidade federal do ceará centro de tecnologia departamento

Transcript
82
4.1.1 Acapella
Acapella TTS é um sintetizador de voz projetado para desenvolvedores integrarem
a capacidade de síntese de voz para suas aplicações nos dispositivos baseados em
GNU/Linux embarcado. Apresenta uma das sínteses com maior qualidade já existentes,
com SDK disponível para teste. Apresenta suporte para até 33 línguas, 100 vozes e
plataformas ARM, MIPS e Intel x86, entretanto, não se trata de uma solução livre e,
como dito, voltado apenas para sistemas GNU/Linux (ACAPELLA 2014).
4.1.2 ADRIANE
O projeto ADRIANE (Audio Desktop Reference Implementation And Networking
Environment – Ambiente de Rede e Referência para Implementação de Desktop
Auditivo) visa prover uma interface de usuário passo-a-passo e linear, fácil de usar e
organizada em menus que priorizam os aplicativos e tarefas mais usadas pelo usuário. A
primeira linha do ADRIANE diz “Enter para ajuda, seta para baixo o próximo menu”. O
sistema contém leitores de tela, sintetizadores de voz, drivers Braille, navegação pelo
teclado e programas que podem ser inteiramente utilizado por meio de interações não
gráficas. Além disso, com o GSM, o usuário do ADRIANE consegue baixar mensagens
SMS para o computador e respondê-las com uso de um editor e um teclado normal, em
vez de pequenas telas do telefone.
A equipe do ADRIANE procurou desenvolver softwares que se adaptassem às
capacidades e limitações dos usuários, ao invés de adaptar uma interface pré-existente
cujo desenvolvimento inicial não previa oferecer suporte aos deficientes visuais. A
pedido especial de usuários e programadores cegos mais experientes, depois foi
acrescentado um item Shell ao primeiro menu.
O sistema ADRIANE está disponível no Live CD ou DVD do Knoppix desde a
versão 5.3 por meio da opção de inicialização Adriane. Também é possível remasterizar
o CD ou DVD para usar o ADRIANE como opção padrão.
Como desvantagem, pode-se afirmar o fato do projeto ADRIANE ser exclusivo
para ambiente GNU/Linux, que restringe o campo de uso para apenas os usuários deste
sistema operacional (KNOPPER, 2009).
4.1.3 Aiuruetê
Iniciado em 1991 pelo Laboratório de Fonética e Piscolinguística (LAFEPE) em
conjunto com o Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Universidade Estadual de
Campinas (UNICAMP). Trata-se de um projeto acadêmico baseado em síntese
concatenativa de polifones capaz de diferenciar maior ou menor abertura vocálica por